UMDI - Medicina Diagnóstica

Ouvidoria UMDI:
(11) 4798-9992

Central de Agendamento:
(11) 4798-9999

Algumas novidades:

UMDI investe 2 milhões em equipamento de ressonância de última geração, inédito em Suzano - Jacqueline Campos - Jornal Diário de Suzano
Matéria publicada em 27/09/2013
TECNOLOGIA - Aparelho de alto campo, de 1,5 Tesla (1,5T).

A população de Suzano, que necessitar passar por exames de ressonância magnética, terá a possibilidade de, a partir de dezembro, usufruir da mais alta tecnologia na tradicional rede UMDI – Medicina Diagnóstica. Isso porque, a unidade do Jardim Santa Helena começará a contar com um aparelho de alto campo, de 1,5 Tesla (1,5 T). O feito é inédito na cidade, como contou o relações empresariais da UMDI, o radiologista Dr. Rodrigo Borgonovi. O investimento foi na ordem de R$ 2 milhões.

“Nós acabamos de adquirir um equipamento, que nos próximos 90 dias estará sendo instalado. Será a primeira ressonância de alto campo na cidade de Suzano. Em termos de investimento, é o que se tem de melhor em equipamento de ressonância magnética no mercado atual”. Conforme observado por Borgonovi, entre os diferenciais do novo e exclusivo aparelho estão as qualidades técnica e operacional dos exames. “Em termos de qualidade de imagem, é de primeiro mundo, nos dando possíveis diagnósticos diferenciados dos demais exames que fazemos. Com ele os exames tendem a ser mais rápidos, o que beneficia muito o paciente”.

Outro ponto positivo com a instalação do aparelho será uma nova gama de horários para receber os pacientes da região, diminuindo o tempo de espera nos agendamentos. “Este é o segundo equipamento que estamos instalando na cidade, o que irá nos proporcionar uma grade nova de horários de atendimento, especialmente em ressonância magnética”. Borgonovi aproveitou ainda para destacar que a UMDI é a única clínica no Alto Tietê com horário extensivo. “Temos horários diferenciados, que contemplam, inclusive, finais de semana e feriados. Em Suzano, o horário de atendimento é das 7 às 22 horas, de segunda a segunda”, completou.

Questionado, o representante justificou que os investimentos na cidade são notórios uma vez que a empresa preza pela população. “Acreditamos muito na região do Alto Tietê. Não é à toa que investimos aqui. Sem falar que queremos ser o diferencial, na qualidade de atendimento em diagnóstico por imagem. Além de sermos os pioneiros em ressonância de alto campo, nós queremos e acreditamos que a região merece um exame de alta complexidade e com qualidade técnica”.

DEMAIS Além de Suzano, o representante revelou ainda outros investimentos. No primeiro semestre de 2014, a UMDI pretende inaugurar sua nova unidade no coração de Itaquaquecetuba, no Centro. “Seremos os pioneiros na cidade à ressonância magnética. Será inaugurada uma unidade nova, com todos os aparatos em diagnóstico por imagem”. Segundo o representante, o investimento no local chega a R$ 5 milhões, incluindo equipamentos de última geração. “Tudo o que se refere a diagnóstico por imagem será implantado, nos mesmos moldes que temos na unidade de Suzano e nas duas unidades de Mogi das Cruzes”. Quando a UMDI de Itaquá for inaugurada, o horário de atendimento também será diferenciado para benefício da população.

Outro grande investimento, iniciado há dois anos e meio e previsto para ser finalizado em 2014, é o Hospital Monte Líbano, em Mogi das Cruzes, na Rua João Cardoso Pereira, em frente à Praça dos “Enfartados”. “Estaremos inaugurando no ano que vem o hospital, que irá atender toda a demanda reprimida de cirurgia na região do Alto Tietê. Este hospital será integrado ao complexo de diagnósticos da UMDI”. Entre as intervenções cirúrgicas que poderão ser feitas estão a videolaparoscopia, as cirurgias de artroscopia de joelho, de ombro, além de procedimetos de radiologia intervencionista como embolização de aneurismas cerebrais e malformações vasculares, colocação de “Stents”, colocação de 10.000 “Tips” e embolização de tumores e miomas uterinos. Nele, normalmente o paciente passa um dia internado.

PERFIL Há 24 anos no mercado e mais de 20 milhões atendimentos ao longo do período, atualmente a rede UMDI – Medicina Diagnóstica possui aproximadamente 50 radiologistas, um total aproximado de 250 colaboradores e três unidades. A empresa também atende a uma vasta gama de convênios médicos, aproximadamente 180, além de deter parcerias com empresas tradicionais da região, como Clariant, Kimberly-Clark e Komatsu. De acordo com Borgonovi, a UMDI ainda preocupada em oferecer um serviço com qualidade, também prioriza a atualização dos profissionais. “Investimos em equipamentos, no que se tem de melhor no mercado mundial. Mas também fazemos à educação continuada, onde os profissionais participam constantemente de congressos e cursos.. E pelo fato de termos uma equipe intimamente ligada à Unifesp muitos dos médicos que atuam na empresa são professores da Universidade Federal de São Paulo”.

Voltar