UMDI - Medicina Diagnóstica

Ouvidoria UMDI:
(11) 4798-9992

Central de Agendamento:
(11) 4798-9999

Algumas novidades:

UMDI fará expansão na região, ofertando serviços, bons profissionais e equipamentos de última geração
Matéria publicada em 02/11/2013Marcilene Mangini
DE MOGI



Com o objetivo de levar medicina de ponta acessível, a UMDI – Medicina Diagnóstica inaugura mais três unidades na região em breve, beneficiando Mogi das Cruzes, Itaquaquecetuba e Ferraz de Vasconcelos. Ao todo, a empresa médica terá seis espaços ofertando bons profissionais médicos e equipamentos de última geração.

A empresa completa 24 anos de atividades em 2013. “A UMDI sempre apostou em qualidade profissional médica. Este é o nosso maior legado no serviço de radiologia”, afirma Diretor Dr. Nitamar Abdala. Em sua opinião, não basta apenas investir em máquinas. Para ele, o ideal é garantir um profissional competente com equipamentos de última geração, resultando em um atendimento personalizado e de qualidade à população.

Com este pensamento, a unidade, que começou em Mogi em 1989, decidiu ampliar a rede, uma vez que já são três unidades, sendo duas em Mogi e uma em Suzano. Para o primeiro semestre do próximo ano, Mogi e Itaquá ganharão novas clínicas, uma em cada cidade respectivamente. A de Mogi, em fase de início, fica na Rua Santana e oferecerá Ressonância Magnética (RM), ultrassonografia, Dessimetria Óssea e Mamografia. “É um atendimento com foco na mulher”, adiantou.

A Unidade de Itaquá será construída paralelamente a de Mogi e ficará na Praça Padre João Álvares, no Centro. Terá estrutura semelhante à mogiana, acrescida de Raio-X. “Já a de Ferraz a inauguração deve ocorrer no segundo semestre de 2014, com benefícios semelhantes à de Mogi”, completou. A expansão da UMDI não se limita ao espaço físico. Recentemente, a empresa realizou um grande investimento na área de Ressonância Magnética, com a aquisição da Máquina 3 Tesla – é o quarto aparelho existente no País e o que há de mais moderno no Mundo.

Segundo o Diretor Dr. Nitamar Abdala, a potência do equipamento garante uma imagem de altíssima qualidade. “Identifica um aneurisma de dois milímetros, permitindo poder de diagnóstico sem precedentes na Região”, exemplifica. O Dr. Nitamar acredita que é necessário investir em maquinários de ponta, porém é ainda mais essencial ter um recurso humano médico altamente especializado.

A formação médica é garantida pela residência oferecida pela UMDI, desde 2005. “Oferecemos uma especialização que dura três anos, além das subespecializações, que são mais um ou dois anos”, explicou. Nesta última subcategoria, o médico pode optar pela Radiologia Musculoesquelética ou Neuroradiologia. “Todos os médicos do Sistema de Residência da UMDI fazem estágio também em Harvard, de aproximadamente 2 meses”, exemplifica.

Para garantir a qualidade, por ano são preenchidas quatro vagas. “Na verdade, deve haver um equilíbrio entre investimento no corpo médico e em equipamento”, diz. A unidade suzanense, que já tem ressonância magnética de baixo campo (equipamento aberto), ganhará a do tipo fechado de alto campo de 1.5 T, equipamento de maior precisão e previsto para chegar em dezembro. “É uma evolução. Tudo o que se tratar de angiografia ficará melhor neste equipamento. Traz qualidade na imagem e maior conforto para o paciente”, esclarece.

Atualmente, a UMDI tem condições de atender as áreas clínica, ortopédica, cirurgia, neurologia e ginecologia. “A UMDI consegue oferecer o mesmo atendimento que os grandes centros médicos e clínicos de São Paulo”, assegurou. A empresa está em busca da certificação ONA (Organização Nacional de Acreditação). “Esta certificação visa melhorar a qualidade dos processos”, completou. Com três patamares e em até três anos a empresa deverá exibir a certificação e oferecer um serviço ainda melhor à população. O Diretor garantiu ainda que a medicina oferecida pela UMDI é acessível. “Trabalhamos com mais de 180 convênios. Atendemos plano de saúde, empresas e consultas particulares”, enumerou.

Voltar